O Banco Central do Brasil divulgou na terça-feira, os números das consultas feitas no Sistema de Valores a Receber (SVR), indicando que 116.806 milhões de buscas foram realizadas até a sexta-feira, 25 de fevereiro. As buscas na plataforma se deram pelos números de CPFs e CNPJs. Deste total, 25.911 milhões de pessoas têm saldos em contas antigas e 253.476 mil empresas constatar que têm valores que podem recuperar.

A partir da segunda-feira, 7, as pessoas que têm valores a receber terão a oportunidade de consultar os seus saldos e solicitar o resgate de acordo com a data do seu agendamento no SVR, para que isto aconteça, basta acessar o portal do Valores a Receber, no período e na data que foi informada previamente.

Para que seja solicitado o resgate de valores, é preciso fazer um cadastro na plataforma específica do Governo Federal, com níveis de acesso prata ou ouro, que vão demandar mais ou menos autenticações que podem ser reconhecimento facial e autorização via aplicativo do banco.

Os valores a receber serão informado apenas no momento do resgate, que foi escalonado em três grupos para evitar uma corrida bancária. A estimativa do Banco Central é de haja um total de R$ 8 bilhões a serem recuperados, dos quais R$ 3,9 bilhões devem ser liberados nesta etapa para mais de 28 milhões de cidadãos e empresas.

Quem não estiver apto neste momento poderá tentar novamente a partir de 2 de maio, quando uma nova fase será aberta na plataforma, incluindo mais valores esquecidos no sistema financeiro brasileiro.

Valores a receber nos Estados Unidos
No Estado de Massachusetts há cerca de US$ 3 bilhões em fundos não reclamados por pessoas físicas ou jurídicas. Este montante impressionante está sob custódia e guarda do State Treasurer, até que sejam reivindicados por seus legítimos proprietários.

Nos últimos dois anos, o Official Unclaimed Property Website pagou cerca de US$ 225 milhões para pessoas ou companhias que requisitaram valores que correspondem a ativos financeiros não reclamados, como contas correntes e poupança, salários não pagos, valores mobiliários, dividendos não pagos, apólices de seguro de vida, cheques não pagos, cofres, etc, que ficam sem atividade por um determinado período de tempo.

Para saber se há algum valor em seu nome, acesse o site do Unclaimed Property Claim e preencha o formulário com os dados, informe o número do social security ou do ITIN, e um e-mail será enviado com os formulários 1 e 2 para ser preenchido e enviado para o Unclaimed Property Division Office of State Treasurer Deborah B. Goldberg. O processamento da solicitação pode ser efetuado em até 180 dias.

Um em cada dez americanos têm dinheiro não reclamado para receber, e cada estado americano tem o seu próprio departamento de valores não resgatados, o mesmo acontece com valores não recebidos do governo federal.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *