A Fifa sorteou na sexta-feira, 1º de abril em Doha, no Catar, os grupos da Copa do Mundo que acontece entre novembro e dezembro naquele país. O Brasil está no Grupo G junto com Sérvia, Suíça e Camarões. O jogo de estreia da seleção brasileira será na quinta-feira, 24 de novembro no Lusail Stadium, onde será jogada a final do Mundial. O temor era que o Brasil tivesse no grupo a companhia da Alemanha ou da Holanda.

Confira os grupos do Mundial do Catar
Grupo A
Catar, Equador, Senegal e Holanda
Grupo B
Inglaterra, Irã, Estados Unidos e País de Gales/Escócia/Ucrânia
Grupo C
Argentina, Arábia Saudita, México e Polônia
Grupo D 
França, Peru/Emirados Árabes/Austrália, Dinamarca e Tunísia
Grupo E 
Espanha, Costa Rica/Nova Zelândia, Alemanha e Japão
Grupo F 
Bélgica, Canadá, Marrocos e Croácia
Grupo G 
Brasil, Sérvia, Suíça e Camarões
Grupo H 
Portugal, Gana, Uruguai e Coreia do Sul

Lusail Stadium, onde o Brasil jogará duas partidas na fase de grupos

Jogos do Brasil
Quinta-feira, 24 de novembro
Lusail Stadium
Brasil x Sérvia
Segunda-feira, 28 de novembro
Stadium 974 – Port of Doha
Brasil x Suíça
Sexta-feira, 2 de dezembro
Lusail Stadium
Camarões x Brasil

Opinião de Alfredo Melo sobre o sorteio dos grupos da Copa do Catar
“Por uma infeliz coincidência  a Copa do Qatar, começou no dia da mentira (1º de abril). Ela já está conhecida como a Copa da Corrupção e seu início, através do sorteio das chaves, já demonstra ser a Copa da ostentação. O governo do Qatar, aproveitou para falar sobre a unidade do mundo árabe, quando na verdade essa unidade não existe e nada mencionou sobre as acusações de corrupção e de trabalho escravo, durante a construção dos estádios. 

O presidente da Fifa se desmanchou em elogios aos organizadores da Copa e já decretou que será a melhor copa do mundo de todos os tempos. Será uma copa diferente e, possivelmente  única. A Fifa que não cede em nada, aceitou a realização da Copa entre novembro e dezembro, quebrando o austero calendário europeu e no mais puro estilo Conmebol realizou o sorteio dos grupos, com três vagas em aberto. É a Copa das novidades. 

O sorteio é tão bem dirigido que conseguiram abrir um mundial de seleções com uma partida entre Catar x Equador, duas seleções sem nenhum apelo mundial, como diria Gatinho Cruel “uma pelada de luxo”, aliás, luxo e ostentação tem tudo a ver. Agora, falando do jogo de futebol, não teremos nenhum grupo conhecido como “grupo da morte”. Cada um dos oitos grupos a princípio apresenta duas seleções superiores às outras duas. 

No grupo A, em condições normais de pressão e temperatura a Holanda leva grande vantagem sobre o Catar, Equador e Senegal. No grupo B, Inglaterra e um dos disputantes à quarta vaga (País de Gales, Escócia ou Ucrânia), devem superar os Estados Unidos e encontrar alguma resistência no Irã. No grupo C , Argentina e Polônia, tem tudo para superar México e Arábia Saudita. No grupo D, França e Dinamarca, garantem vaga, perante a Tunísia e um dos três (Peru, Austrália e Emirados Árabes Unidos). No grupo E, Alemanha e Espanha superam Japão e um dos dois (Costa Rica ou Nova Zelândia). No grupo F, Bélgica e Croácia, mandam pra casa o Canadá e o Marrocos. No grupo G, Brasil e Suíça eliminam Sérvia e Camarões. No grupo H, Portugal, deverá ter a companhia de Uruguai ou Gana, mas devido a inconstância do futebol africano, jogo minhas fichas no velho Uruguai, de treinador novo. A Coreia do Sul pode ser a zebra do grupo, mas zebra é zebra, e fica longe de ser favorito. 

Antes do fechamento da coluna, Alfredo mandou uma mensagem falando sobre a mudança do jogo inaugural da Copa do Mundo. “Mais uma novidade na Copa das novidades. A Fifa alterou as regras e o regulamento e parece até que leu o que escrevi e trocou o jogo entre o Catar x Equador por Holanda x Senegal. Essa copinha promete parceiro…”, disse Alfredo Melo que é o titular da Coluna De Canela. 

Fotos: Divulgação/Fifa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *