A Organização Mundial da Saúde (OMS), anunciou na semana passada que monitora o surgimento de uma nova variante do SARS-CoV-2, chamada de Deltacron, que foi detectada  inicialmente na Alemanha, Holanda e Dinamarca. Uma atualização recente de um banco de dados internacional que monitora sequências virais, relatou 33 amostras da Deltacron na França; oito na Dinamarca e uma na Holanda. Dois casos foram registrados nos Estados Unidos.

Autoridades sanitárias afirmam que o recombinante das variantes Delta e Ômicron é extremamente raro, apesar de existir desde janeiro deste ano, no entanto, a Deltacron não demonstrou capacidade de crescimento exponencial. A Deltacron, na opinião de cientistas não representa uma nova fase da pandemia. O gene que codifica a proteína de superfície do vírus – spike – é quase que inteiramente da Ômicron, sendo que o resto é do genoma da Delta.

A proteína spike é tida como a parte mais importante do coronavírus quando se trata de invadir células. É também o principal alvo dos anticorpos produzidos por meio de infecções e vacinas. Portanto, as defesas que as pessoas adquiriram contra a Ômicron, por meio de infecções, vacinas ou ambas devem funcionar bem contra o novo recombinante.   

Pessoas podem eventualmente serem infectadas pelas duas versões do coronavírus simultaneamente. Isto significa que se alguém for a um lugar lotado por pessoas que estão infectadas, poderá respirar vírus de mais de uma delas, sendo que é possível que dois vírus podem invadir uma mesma célula ao mesmo tempo.

Quando essa célula começar a produzir novos vírus, o novo material genético pode se misturar, e gerar um novo vírus híbrido. Também não é incomum que o coronavírus se recombinem, sendo que a maioria destas misturas genéticas tornarão-se em becos sem saíd evolutivos.

Mesmo que a maiorias dos lugares e cidades tenham liberado o uso de máscaras e flexibilizado as medidas sanitárias, proteja-se e vacine-se com todas as doses disponíveis para evitar a propagação do coronavírus.

Proteja-se e proteja as pessoas do seu convívio vacinando-se e incentivando outros a se vacinarem e a tomarem a dose de reforço. A vacina contra a Covid-19 é eficiente e eficaz, inclusive para crianças. Para saber onde se vacinar gratuitamente na sua cidade, acesse a página do Centers for Disease Control and Prevention (CDC) e selecione o seu estado no mapa em azul.

Jehozadak Pereira

By Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira, é jornalista profissional especializado em jornalismo comunitário e produção de conteúdo informativo e de utilidade pública. É ganhador de inúmeros prêmios e reconhecimentos pela qualidade do seu trabalho comunitário e voluntário. É o editor-chefe e principal articulista do A Notícia USA.

Leave a Reply

Your email address will not be published.