Deyverson, uma encrenca atrás da outra

1. O futebol brasileiro tem coisas que irritam profundamente e dá sinais de que nunca mudará, por isso, a grande audiência no Brasil dos jogos das Ligas Europeias e da Champions League. É frustrante assistir a uma partida do campeonato Brasileiro. Ninguém aguenta mais, os treinadores usarem a área técnica para reclamar do quarteto de arbitragem os 90 minutos de jogo, até lateral no meio da campo, os caras gritam e gesticulam querendo que marque a favor do seu time, reclamam de falta, escanteio, impedimento e tudo que você possa imaginar. Jogadores do banco de reservas a todo momento, ameaçam invadir o campo, para reclamar da arbitragem e reclamar dos adversários. Jogadores simulando agressão e simulando penaltis. O jogador sofre uma falta e já cai com a mão pro alto, balançando e cobrando do árbitro a aplicação de um cartão e, quando o árbitro aplica um cartão amarelo, pedem o vermelho. Quando o juiz é chamado pelo VAR para uma revisão, os jogadores correm para o árbitro, pressionando para que ele tome a decisão que os reclamantes querem. Na partida Palmeiras x Galo, o encrenqueiro Deyverson do Palmeiras inovou e correu na frente do árbitro em direção ao VAR, pra ver o lance. Não dá mais para suportar. É vergonhoso, ver o juiz ou um jogador, empurrando o atleta que esta sendo substituído, para fora de campo e a impressão que fica é a de que o jogador substituído, tem que sair correndo de campo. Haja paciência para suportar o jogador que vê que será substituído se jogar no chão, simulando confusão para ganhar tempo recebendo assistência médica e saindo de  maca. E o mais preocupante, juiz se agarrando aos jogadores para que não briguem, sendo que o juiz tem em seu poder o cartão vermelho, se os caras se agredirem, expulsa os dois ou quantos forem necessários. Mais uma vez, tenho que concordar com a frase feliz de Gabigol, “o futebol brasileiro é uma várzea”.

2. Corre à boca miúda no Rio de Janeiro, que o Vasco pode perder até 24 pontos, pela escalação de Leando Castan contra o Brasil de Pelotas após ter recebido o terceiro cartão amarelo na partida contra a Ponte Preta na vitória do Vasco por 2×0. Se perder 24 pontos, com certeza será rebaixado para a Série C. Meus conhecimentos sobre o modo de se fazer política no Vasco, me permite acreditar que seja uma “fake news” divulgada, na guerra suja, que é travada dentro do clube da Colina. Além do jogo contra o Brasil de Pelotas, Castan foi escalado em mais sete partidas. Caso seja verdade, é melhor o Vasco fechar as portas diante de tamanha incompetência .

3. O Flamengo abriu 2×0 contra o Grêmio e com um jogador a mais, acabou cedendo o empate em 2×2, como o Galo empatou com o Palmeiras em 2×2, ficou o dito pelo não dito, ou seja, o Grêmio continua respirando e a distância para o Galo, continua de 8 pontos, porém, agora faltam menos jogos. Como dizia vovó Filó, o Mengão “agradou a gregos, troianos e baianos”.

4. E quem diria, o Botafogo, trocou o treinador Marcelo Chamusca por Enderson Moreira e saiu do décimo quarto lugar, para a classificação à Série A com três rodadas de antecedência e para o título da Série B, com duas rodadas para o final do campeonato. Realmente há coisas que só acontecem ao Botafogo, tirou o treinador Chamusca, que tem tudo a ver com fogo, entenderam  e deu certo.

Luxemburgo auto-intitulado o salvador da pátria cruzeirense

5. Quem não conhece o ditado “em terra de cego quem tem um olho é rei”? É assim que as coisas acontecem no Cruzeiro o clube devastado, parece que sucumbiu aos encantos de Luxemburgo, o treinador é a “eminência parda” da Raposa. Em entrevista, o treinador disse que quer um contrato de 2 anos, e já está contactando vários jogadores para o elenco cruzeirense, aprova a contratação de Alexandre Matos para gerente de futebol do clube, mas avisa, que é cada um na sua área. Para completar de massagear seu ego, declarou “se eu não viesse para o Cruzeiro, o clube estaria na Série C. Para quem sempre foi acusado de ganhar comissão na contratação de jogadores, vamos aguardar o que vai rolar no Cabuloso.

6. Ronaldo Fenomeno, poderá ser coberto de ‘glórias’, no sábado, pela torcida palmeirense. O Fenômeno disse em um evento de um patrocinador da Copa Libertadores, que o Flamengo será campeão com uma vitória fácil por 3×0. Caso o Flamengo seja campeão a torcida palmeirense, ficará com essa declaração ‘entalada’ na garganta por muito tempo, mas se o Palmeiras for campeão, Ronaldo vai ouvir o que não gostaria.

7. A  rodada final da Série B, será uma briga de foice no escuro. Remo, Londrina e Vitória, lutam contra o rebaixamento, e só um deles vai escapar. Na parte de cima da tabela, Avaí, CRB, CSA e Guarani, brigam pela última vaga, pelo que marca a tabela, o Avaí é o grande favorito para ser o quarto clube a voltar à Série A. Dizem que os ‘terreiros’ de Salvador, estão fazendo hora extra. A missão é salvar o Vitória na Série B e o Bahia na Série A.

8. A gauchada gremista, nesses últimos tempos não abandona a calculadora a cada rodada encerrada do Brasileirão, os gremistas correm para a calculadora e se perdem nas contas. Após o empate contra o Flamengo, as chances de rebaixamento aumentaram. Resumo da ópera, pro Grêmio se manter na Série A, tem que vencer todos os jogos e todo mundo perder. Como o torcedor atleticano diz “Eu acredito…”.

9. Após disputar sete Olimpíadas e sete Copas do Mundo e jogando 233 partidas, a volante Formiga, se despediu da seleção brasileira contra a Índia na abertura do Torneio Internacional de Futebol Feminino de Manaus. O tamanho de Formiga no futebol feminino pode ser medido,  pelas mensagens recebidas de Pelé, Marta, Megan Rapinoe, Cafu, Marquinhos (PSG), Alisson, Sissi e da FIFA.

10. Depois de dizer na sua estréia pelo Palmeiras, na Libertadores, em um jogo em Montevideo contra o Peñarol, que se precisasse daria tapa na cara de uruguaio para ganhar o jogo, provocando uma grande briga no final da partida e tendo sido preso. Felipe Melo, volta ao Uruguai para enfrentar o Flamengo na decisão da Libertadores de 2021 e garante que hoje em dia está mais calmo. Será?

Alfredo Melo

By Alfredo Melo

De texto fácil e cativante, Alfredo Melo é uma enorme criatura no sentido literal do termo, além de ser um profundo conhecedor do futebol e tem também a paixão e o sofrimento pelo Botafogo, cada dia maior... *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião de A Notícia USA

Leave a Reply

Your email address will not be published.