1. Considerado pela torcida e pela imprensa como a pior contratação de John Textor para o Botafogo, o meio campista Lucas Piazon foi rebatizado pela torcida alvinegra como Lucas Piazoff. A decepção só não é maior porque a contratação foi por empréstimo e em dezembro ele será devolvido para Portugal.

2. Um comentarista da ESPN, colocou o Cruzeiro como um dos favoritos à conquista da Copa do Brasil. Segundo Antero Grecco, o favoritismo do Cruzeiro é por ser o clube mineiro o maior vencedor da Copa com 6 títulos. Alguém aí, avisa ao Grecco que o Cruzeiro tem 4 campeonatos brasileiros e está disputando a Série B pela terceira vez consecutiva, ou seja, ‘o Gugu não tem nada a ver com as calças’.

Video Credit bein sports https://www.beinsports.com/us/


3. A Taça Finalíssima disputada entre Argentina e Itália, parece novidade para muitos torcedores, porém, esta é a quinta edição. A Conmebol e a UEFA, pretendem efetiva-la. É a disputa entre o campeão da Eurocopa e o campeão da Copa América. A origem está no Troféu Artemio Franchi, ex-presidente da UEFA e a primeira edição foi disputada em Paris, em 1985. A França campeã da Eurocopa 1984 derrotou o Uruguai, campeão da Copa América 1983 por 2×0. Em 1993, foi disputada novamente, dessa vez, em Mar del Plata. A Argentina campeã da Copa América de 1991, derrotou a Dinamarca, campeã europeia de 1992 por 5×4 nos pênaltis após 1×1 no tempo regulamentar. Outras duas edições foram disputadas de forma amistosa em 1989 e 1998, o Brasil, campeão da Copa América nas duas ocasiões derrotou em 1989 a Holanda e em 1998 a Alemanha. Para muitos comentaristas, o Troféu Artemio Franchi foi o embrião da Copa das Confederações.

4. A Argentina conquistou a Taça Finalíssima ao derrotar a Itália por 3×0 em Londres. Para a imprensa argentina, foi uma demonstração de força da sua seleção às portas do Mundial 2022, para a imprensa europeia, foi uma vitória sobre uma Itália triste e desmotivada por não ter se classificado para o Mundial. Em novembro saberemos quem tem razão.

5. A CBF marcou para o dia 7 de junho, o sorteio para os jogos das oitavas de final da Copa do Brasil. Dessa vez não haverá potes diferentes e todas as 16 equipes ficarão no mesmo pote, ou seja, ‘favoritos’ poderão estar se eliminando ainda nas oitavas. Sem mimimi.

6. Tal como antes da Copa de 2002, a Argentina sem perder há 32 jogos, com 21 vitórias e 11 empates e a França invicta há 20 jogos, 14 vitórias e 6 empates são as melhores seleções antes do Mundial 2022. Em 2002 deu Brasil, em 2022 alguém arrisca um palpite?

7. O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, antes da partida contra o Vasco garantiu que confia no trabalho de Roger Machado, mas não descarta que um resultado ruim pode provocar mudanças. Para alguns torcedores gremistas, Renato Gaúcho está preparado para voltar ao clube.

8. É difícil entender o que se passa na cabeça do torcedor brasileiro, multiplicam-se os casos de ataques e ameaças a jogadores. Mais uma vez Willian do Corinthians, sofreu ameaças de morte, inclusive, citando seus familiares pelas redes sociais e registrou boletim de ocorrência na polícia. O ‘imbecil’ foi identificado e preso. Após prestar depoimento foi liberado e mais uma vez, foi a mesma conversa. Desculpas, arrependimentos e promessas de que não voltará a acontecer. Reflexos da idiotice e intolerância que assolam o Brasil.

9. “Quem não tem cão, caça com gato”. Sem poder enfrentar adversários europeus em partidas amistosas, o Brasil teve que se contentar em jogar contra Coreia do Sul e Japão, ambas classificadas para o Mundial. Contra a Coreia do Sul, o Brasil passou fácil, vencendo por 5×1. O próximo amistoso será contra o Japão que goleou o Paraguai por 4×1 e podia ter sido de mais. Vale lembrar que o Paraguai não está classificado para o mundial do Catar. Contra a Coreia, a seleção mostrou que está bem servida de atacantes, mas a defesa é ‘teste para cardíaco’.

Argentina ganhou e provocou o Brasil. Foto: AFA

10. Os argentinos continuam sendo argentinos mais do que nunca. Letra traduzida da música cantada pelos argentinos, após vencer a Itália por 3×0.
O que aconteceu brazuca? Ainda está esperando.
O que aconteceu brazuca? Na favela estão todos chorando
Os anos passam, você lembra da Copa de 50?
Estão todos cagados, têm medo que aconteça de novo
Porque Messi tem a coroa
E a perna esquerda com a magia que encanta
Para piorar, lembra do Maradona
Sei que te dói, que te lastima, mas essa Copa é da Argentina…

Foto da capa: Lucas Figueiredo/CBF

Disclaimer
“All opinions and commentaries expressed by the participants in this interview are solely their personal current opinions and comments and do not reflect the opinions of A NOTICIA USA, their employees, business partners, directors, or affiliates, and may have been previously disseminated by them. The interview participants` opinions are based upon information they consider reliable, but neither A NOTICIA USA nor its affiliates, warrant its completeness or accuracy, and it should not rely upon as such”.

Alfredo Melo

By Alfredo Melo

De texto fácil e cativante, Alfredo Melo é uma enorme criatura no sentido literal do termo, além de ser um profundo conhecedor do futebol e tem também a paixão e o sofrimento pelo Botafogo, cada dia maior... *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião de A Notícia USA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *