Após o sucesso dos dois primeiros artigos da Aposentadoria na America- parte 1 e 2, questionamentos sobre o planejamento de aposentadoria para as pessoas que estão indocumentadas surgiram.

Esta abordagem é extremamente importante. Muitas pessoas pensam que não podem fazer planejamento e ter acesso a soluções e estratégias financeiras por serem indocumentadas, o que não é verdade. Este é um dos grandes mitos que impedem as comunidades imigrantes a fazerem planejamento financeiro de forma adequada e bem sucedida na América.

Existem crenças dentro da comunidade de quem não tem um número de Social Security, que seria o equivalente ao CPF brasileiro, não precisa declarar imposto de renda, isso também não é verdade. Outros querem ganhar “cash” e não passar pelo sistema financeiro americano e mandar tudo para o Brasil. Grande erro, pois por falta de informações corretas, profissionais capacitados e confiáveis, a comunidade deixa de tirar proveito do sistema maior sistema financeiro do mundo, que é o americano. O EUA tem o maior, mais seguro e mais regulamentado sistema financeiro do mundo.

Sendo documentado ou não, tendo o objetivo de viver para sempre aqui ou não, o fato de se investir e fazer planejamento usando estratégias e soluções corretas, fará a diferença total na habilidade de escolhas futuras.

O planejamento de aposentadoria para quem vive e trabalha aqui na América deve ser feito aqui, mandar todo o dinheiro que se ganha para o Brasil não é, na maioria das vezes, a melhor e a mais sábia opção. Mas muitos fazem, pois não conhecem outra alternativa confiável, pela falta de educação financeira.

Se a acumulação de dinheiro e patrimônio for planejada e construída aqui, e no futuro houver mudança de objetivos, é muito mais fácil transformar patrimônio de dólar para real, do que vender tudo que se construiu no Brasil para tentar gerar renda de aposentadoria em dólar. Esta é a realidade, e muitas vezes não é suficiente para viver confortavelmente.

Com renda em dólar, se vive em qualquer lugar do mundo, no Brasil ou aqui, o que não se pode dizer o mesmo se a renda for real.

Estamos presenciando na comunidade um fato interessante, pessoas que não querem mais voltar a morar permanentemente no Brasil, pois os filhos e netos cresceram aqui e não querem voltar para a terra natal. O desejo de muitos é poder viver na ponte Brasil-América e viver uma qualidade de vida digna nos dois lugares.

Os “Snowbirds” brasileiros querem ficar nas estações mais quentes em New England e nas estações de frio e neve ter a habilidade de “voar” para o clima bom do Brasil.

A construção do Banquinho de Três Pernas da Aposentadoria na América para as pessoas indocumentadas não é muito diferente em conceitos, alguns produtos e soluções financeiras podem diferir dependendo da situação individual, mas o conceito como um todo continua o mesmo. Necessita-se de três fontes de renda para se atingir a aposentadoria dos sonhos.

É muito importante para as pessoas indocumentadas tirar um ITIN number e declarar imposto de renda todo ano. Ao fazer isso, estarão contribuindo dentro do sistema de aposentadoria social americana. No futuro, quando houver chance de legalização, poderão transferir esses anos de contribuição, do número de ITIN para o número do Social Security. Isso aumenta as chances de se ter uma aposentadoria melhor devido ao fato de se ter mais anos de contribuição.

É bom lembrar que para se coletar benefícios de aposentadoria do Social Security necessita ser cidadão americano ou ter Green Card, mas o simples fato de você ter o documento americano nao te dar direito a coletar benefícios, pois o sistema e contributório, baseado na média dos 35 maiores anos de contribuição e no mínimo 62 anos de idade. Se não houver contribuição dentro do sistema financeiro, através da declaração do imposto de renda, não será elegível para receber benefícios. Então mesmo que não tenha documento hoje, comece a contribuir, pois no futuro poderá ter direito a benefícios

Lembrando que para se ter a aposentadoria desejada, o planejamento é essencial, e leva-se muito tempo e esforço contínuo. Quanto mais cedo começar o planejamento e contribuição melhor será o resultado na aposentadoria

Em relação à aposentadoria privada, existem estratégias e soluções no mercado financeiro americano em que se poderá fazer a aposentadoria privada com sucesso, mesmo sendo indocumentado.
É extremamente importante que essas soluções tenham exposição na bolsa de valores americana, juros compostos,diversificação apropriada do seu investimento e o tempo para crescer seu patrimônio destinado a renda.

O importante é que busque uma ajuda profissional de um financial advisor, licenciado e com responsabilidade fiduciária. Com a ajuda adequada poderá com tranquilidade e segurança fazer um planejamento e saber opções adequadas, baseado na sua situação individual, nos seus objetivos, na sua tolerância de riscos, tendo assim soluções adequadas de acumulação e crescimento de patrimônio destinado a renda na aposentadoria.

Ana Claudia Panori

By Ana Claudia Panori

Ana Claudia Panori é conselheira financeira licenciada - financial advisor, membro MDRT e NAIFA, palestrante certificada em financial Wellness on workplace. Trabalha na Prudential Financial e desenvolve há anos um longo trabalho de educação financeira junto à comunidade brasileira. É representante da pasta de Empreendedorismo e Finanças do Conselho de Cidadãos de Boston, além de ser voluntária em diversas causas sociais. Contato: 508.353-9340. Instagram: anaclaudia7835 *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião de A Notícia USA

Leave a Reply

Your email address will not be published.