Quanto entra e quanto sai? Para onde está indo o seu dinheiro?  Este é um dos grandes desafios para sua segurança financeira e de que jeito você aprende como administrar seu dinheiro de forma com que se possa viver o hoje com qualidade e construir o seu futuro, na certeza que o amanhã será de bonança e conforto, ou pelo menos digno para que possa viver financeiramente independente. 

O que tenho visto é que as pessoas não sabem nem administrar o que tem hoje, não conseguem priorizar o que deve ser priorizado, e viver dentro de um orçamento determinado é uma tarefa para muitos impossível. O problema, na maioria das vezes, não é a falta de dinheiro, mas sim a gestão do mesmo juntamente com soluções adequadas e corretas de planejamento financeiro 

A primeira regra é ganhar mais do que gasta. Simples assim, parece óbvio, mas muitos não sabem nem mesmo quanto ganham, quanto mais o que gastam, e assim vai se levando, o tempo vai passando e a urgência de se organizar e aprender a gerir corretamente o seu orçamento vai se tornando ainda mais imperativo. 

O objetivo principal é que o saldo entre o que se ganha e o que se gasta seja positivo e que sobre dinheiro para se cuidar de objetivos e metas importantes para o médio e longo prazo. Se não sobra nada, não tem como você trabalhar para chegar às suas metas e objetivos, e não tem como caminhar na direção correta, um passo de cada vez para alcançar a segurança financeira 

Alguns gastam muito, ou tem prioridades do que se “precisa” e o que se “quer” invertidas, só pensam no hoje e vivem como se não houvesse o amanhã, como se tivessem a capacidade de trabalho e geração de renda a vida inteira. Ganham, gastam e pronto! Outros vivem com muita privação, e deixam de viver o hoje com qualidade, economizando em comida, moradia e pequenos agrados a si próprio para economizar tudo para o futuro. Vivem para trabalhar e juntar dinheiro, contando cada centavo do presente e às vezes colocam em risco sua saúde e nem chegam a desfrutar daquilo que tão arduamente construíram. 

Alguns gastam tudo, outros têm dificuldades em desfrutar e gastar o que tem. As duas situações são uma triste realidade, o ideal é o equilíbrio de viver o hoje com qualidade, mas sem excesso para ter certeza que você estará construindo o seu amanhã. 

Financial Wellness – no nosso português, saúde e bem estar financeiro é um conceito bastante interessante, pois o foco não é mais apenas em riquezas, construção de patrimônio, crescimento do seu dinheiro, tudo isso é consequência de uma vida financeira saudável e que te proporcione bem estar hoje e no futuro. Baseado em seus objetivos e metas, recomendações profissionais são oferecidas e planos de ações são traçados para que você possa chegar a esse equilíbrio do BEM ESTAR FINANCEIRO. 

Uma das grandes ferramentas que temos para conseguir isso é o aqui nos Estados Unidos se chama de BUDGET, que nada mais é do que seu orçamento, o quanto você ganha, o quanto você gasta. A forma e eficiência com que você faz a gestão do seu orçamento faz a grande diferença no hoje e principalmente no amanhã. 

Como começar?
Primeira pergunta – Quanto você ganha? Neste momento você tem que ser honesto consigo mesmo, tem que ser valores reais, o que realmente traz para casa, depois de pagar imposto.

Quem ganha cash, ou seja, não tem um salário fixo na folha de pagamento, às vezes tem maior dificuldade em responder esta pergunta com precisão. Uma dica que funciona é anotar na sua agenda ou calendário, no final de cada dia ou semana o quanto ganhou e somá-los no final do mês. Se você fizer este exercício por dois ou três meses e manter as anotações deste valor, terá uma ideia bem real do quanto ganha. 

Segundo – Quanto você gasta?
Aqui temos duas categorias:
1. Despesas fixas (moradia, alimentação, utilidades, transporte, saúde, seguros, impostos, roupas e calçados, telefone. etc) aquilo que realmente você precisa para viver e produzir renda. Estas são as despesas que você precisa ter – MUST HAVE
2. Despesas discricionárias?
São aqueles gastos que não estão ligados à sua sobrevivência ou necessidades básicas – Gosto de dizer que estas são as coisa que ”é bom ter, ou aquilo que você quer ter” – NICE TO HAVE

Entretenimento, férias, atividades extra curriculares, despesas extras de casa como decoração, renovação, roupas, calçados e acessórios extras, brinquedos etc. Estas despesas são mais difíceis de se ter um valor real, mas você pode somar valores anuais e dividir por 12 para chegar a valores mensais. Estas despesas, são aquelas que não ficam dentro de um parâmetro pré-estabelecido, podendo comprometer a sua habilidade de realizar metas e objetivos financeiros a médio e longo prazo. E aqui também é onde você terá mais flexibilidade de ajuste. 

Por que isso é tão importante?
Se você não sabe onde está, o quanto de dinheiro está entrando e o quanto está saindo e para qual propósito o seu dinheiro está indo, não terá como chegar onde deseja.

É preciso saber onde estão os desafios, onde estão os furos no seu orçamento, para poder consertá-los. Gosto de usar a analogia de um balde embaixo de uma torneira de água, você pode ligar a torneira ao máximo, mas se o balde estiver furado, se houver vazamentos, este nunca ficará cheio. Primeiro você precisa consertá-lo para que fique cheio. Assim também funciona o seu fluxo de caixa, você pode fazer muito dinheiro e alta renda, mas se houver um gasto excessivo e descontrolado, você não chegará ao seus objetivos e metas e o balde sempre estará meio cheio. 

Ana Claudia Panori

By Ana Claudia Panori

Ana Claudia Panori é conselheira financeira licenciada - financial advisor, membro MDRT e NAIFA, palestrante certificada em financial Wellness on workplace. Trabalha na Prudential Financial e desenvolve há anos um longo trabalho de educação financeira junto à comunidade brasileira. É representante da pasta de Empreendedorismo e Finanças do Conselho de Cidadãos de Boston, além de ser voluntária em diversas causas sociais. Contato: 508.353-9340. Instagram: anaclaudia7835 *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião de A Notícia USA

Leave a Reply

Your email address will not be published.