Um dos grandes benefícios da educação financeira, é ter uma ideia sólida sobre princípios e fundamentos que possa seguir, é como se você pudesse mapear o itinerário da sua jornada financeira, e pudesse ter alguns landmarks para que se possa ter certeza que está no caminho certo. 

Gosto muito de abordar os quatro pilares do planejamento financeiro, pois são conceitos simples, fáceis de serem implementados em uma visão macro e podemos ter um quadro completo de uma saúde financeira, sólida e segura. 

O primeiro pilar é o Cash Flow e Liability – ou seja, a sua capacidade de gerir adequadamente o seu orçamento, de forma que o que entra seja maior do que o que sai.

A Liability, nada mais é do que as suas dívidas, às suas responsabilidades financeiras a curto, médio e longo prazo. Em algumas situações vemos uma liability tão grande quanto o patrimônio líquido, que é aquele calculado do que se tem, menos o que se deve e, portanto, muito comprometido. O objetivo é sempre ter um patrimônio líquido positivo e a cada ano crescendo, mesmo que a pequenos passos. 

As suas responsabilidades financeiras serão sempre um saldo negativo nesta balança. Mas às vezes é necessário ter algumas liabilities para poder construir patrimônio líquido a longo prazo. 

O segundo pilar do planejamento financeiro é a Proteção – penso ser este o grande diferencial do mercado americano, e o que propicia um planejamento financeiro adequado e assertivo. Este pilar constitui de todos os seguros que você tem, seguro de saúde, seguro de carro, seguro de casa, seguro de vida, seguro de desabilidade, seguro de cuidados a longo termo, seguro de umbrella, seguro de aluguel, e se você é dono do seu próprio negócio esta lista se estende ainda mais, sendo os principais seguro de liability e workers compensation. 

O objetivo destes seguros nada mais é do que transferir para a corretora de seguros aquele risco que você teria que ter dinheiro para se auto sustentar, em casos de acontecimentos adversos da vida, protegendo financeiramente você, a sua família e o seu patrimônio de catástrofe financeira. 

A ideia é que as pessoas possam investir um percentual pequeno de seus ganhos para que possam construir uma vida financeira sólida e previsível. Muito bem dito na frase que é bastante comum na indústria financeira que diz: “você sempre planeja para o melhor, mas se prepara para o pior” e isso garante a sua segurança financeira. 

O custo benefício de todos os seguros devem ser cuidadosamente analisados para que faça sentido no seu orçamento, para que não seja comprometido todo o seu dinheiro e o impeça de economizar para objetivos e metas a médio e longo prazo. 

O terceiro pilar do planejamento financeiro é o Investimento – nada mais do que a parte fundamental, aquela parte que todos gostam de aprender e de focar, pois é a habilidade do seu dinheiro trabalhar adequadamente e crescer sem você ter que trabalhar por ele. 

Ou você trabalha por dinheiro ou o seu dinheiro trabalha para você. Este pilar é extremamente importante e para que se tire proveito de todo o potencial do mercado americano. Importante é consultar e trabalhar com um com profissionais capacitados, licenciados e fiduciários, para ajudá-lo a fazer crescer adequadamente o seu dinheiro, baseado em sua situação especifica, seus objetivos, sua tolerância de risco, e o tempo de crescimento que você tem. 

Existem soluções e estratégias no mercado financeiro americano extremamente interessantes e poderosas para ajudar a crescer e multiplicar seu patrimônio. Mas precisamos lembrar que as soluções devem ser únicas e específicas para sua situação individual, pois aquilo que é bom para seu parente, vizinho e amigo, pode não ser a melhor solução para o seu caso.

Existe uma analogia que gosto muito de abordar. ‘A sua vida financeira é como um time de futebol, para se ter um time vencedor precisamos de uma equipe de ataque forte e também uma defesa igualmente competente. Não se pode focar somente no ataque, que aqui neste exemplo é o investimento, mas se você não tiver a defesa correta, que é a parte de proteção, não conseguirá ter um time vencedor’. 

O quarto pilar do planejamento financeiro é a gestão de estratégias de imposto favorável e o planejamento de legado – que aqui chamamos de Estate Planning. Tão importante como os outros três pilares, o planejamento tributário propicia a administração correta das suas responsabilidades fiscais juntamente com estratégias e soluções legais para que você possa reduzir o imposto pago ao governo, seja estadual ou federal. Todas estas estratégias e soluções estão completamente dentro das leis tributárias americanas, e ao implementar soluções adequadas à sua situação, você poderá colocar mais dinheiro no seu bolso, crescer seu patrimônio e honrar com suas obrigações com o Tio Sam.

O planejamento de legado, ou estate planning é um dos passos mais inteligentes e sábios que alguém pode fazer, evitando assim conflitos familiares, facilitando a vida de quem ficou para trás, preservando o seu patrimônio ao máximo, diminuindo custos com inventário, advogados e sistema judiciário. E o mais importante, tendo certeza de que se você tiver mais dinheiro e patrimônio do que necessita para viver, o que construiu vai para quem você quer, quando quer e da forma como quer quando não estiver mais aqui. 

Ana Claudia Panori

By Ana Claudia Panori

Ana Claudia Panori é conselheira financeira licenciada - financial advisor, membro MDRT e NAIFA, palestrante certificada em financial Wellness on workplace. Trabalha na Prudential Financial e desenvolve há anos um longo trabalho de educação financeira junto à comunidade brasileira. É representante da pasta de Empreendedorismo e Finanças do Conselho de Cidadãos de Boston, além de ser voluntária em diversas causas sociais. Contato: 508.353-9340. Instagram: anaclaudia7835 *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião de A Notícia USA

Leave a Reply

Your email address will not be published.