Usando a analogia do “Banquinho de Três Pernas”, aquele que é forte e sustentável o suficiente para você sentar e descansar, a abordagem do planejamento da sua aposentadoria na América, funciona da mesma forma. Você precisará de no mínimo três fontes de renda, para viver adequadamente na aposentadoria, e aqui, para efeito figurativo chamaremos estas fontes de rendas de “pernas”. 

A primeira perna é aquela advinda de planos de aposentadoria social americana e/ou brasileira, como o Social Security Benefits e/ou INSS. A segunda perna, é a advinda de planos de aposentadoria privada, extremamente importantes no planejamento americano. Estas duas primeiras pernas foram abordadas com mais profundidade em artigos anteriores, para lê-los, clique aqui e aqui.

Na parte 3 da série Aposentadoria na América, vamos abordar a terceira perna, que é a advinda da renda de um imóvel e/ou investimento, fora dos planos de aposentadoria privada. Este investimento em imóvel vem com o propósito de gerar renda de aluguel. 

Devido a instabilidade financeira, econômica e geopolítica do nosso país de origem, o meio mais popular de investimento no Brasil e consequentemente do imigrante brasileiro que vive na América, é o imóvel. A ideia é de que este imóvel irá valorizar, gerar renda e aumentar seu patrimônio, para que você possa viver tendo uma renda decente na aposentadoria.

A escolha deste investimento é natural, pois é o que você culturalmente conhece e sabe que dá certo na sua terra natal. Você não precisa aprender ou buscar informações e se educar sobre os benefícios desta estratégia, você sabe do poder do crescimento patrimonial, por isso é a escolha de investimento principal vindo da nossa cultura. 

Na perspectiva da economia e do mercado financeiro americano, mercado este, que é o mais estável, sólido e regulamentado do mundo, o imóvel não é somente um patrimônio, mas também uma responsabilidade financeira, sem liquidez. Por isso, não é considerado renda garantida para o propósito de planejamento de aposentadoria, o que não significa que não deveria ser parte da sua estratégia total de planejamento financeiro. 

A maioria dos investimentos em imóveis na América, estão atrelados a uma hipoteca de 30 anos, prestações e dívidas que se não forem pagas em tempo, a propriedade é do banco e não sua. Existe também responsabilidades com impostos prediais e seguros sobre a propriedade que deverão ser pagos o resto da vida. O importante é lembrar que, o investimento em imóvel não deve ser sua única opção de investimento a médio e longo prazo, principalmente se o propósito for garantir a aposentadoria dos seus sonhos de forma sustentável e segura. 

As duas primeiras pernas irão gerar renda garantida sem trabalho e baixo custo de manutenção, juntamente com benefícios de imposto no crescimento e/ou na distribuição da renda na aposentadoria. A terceira perna, a renda advinda de um imóvel, sempre terá custos associados à manutenção e gestão deste patrimônio, assim como as faltas de garantia de renda em situações de crises geopolíticas e falta de tributação favorável. 

Aqui vemos uma diferença enorme entre a mentalidade financeira e cultural de planejamento do americano e a do imigrante, que traz consigo conceitos e medos do país de origem. A maior parte do patrimônio do americano está em estratégias e soluções dentro de planos de aposentadoria privada ou de investimentos de imposto favoráveis, pois estes geram crescimento bastante atraente, liquidez de patrimônio e renda garantida em aposentadoria. 

Penso que todos nós imigrantes que estamos aqui, queremos acertar, queremos um futuro melhor para nós mesmos e nossas famílias, mas vejo que, infelizmente por falta de conhecimento adequado das soluções que o mercado financeiro americano oferece, e por falta de educação financeira, muitos optam por um caminho muito mais longo, árduo e cheio de curvas. 

É bastante comum eu escutar de novos clientes, após análise e apresentação de soluções individuais de planejamento de aposentadoria, embasados em projeções e ilustrações históricas de crescimento, a seguinte expressão: “Poxa Ana, já estou neste país há décadas, e quanto tempo perdi! Se eu soubesse sobre este planejamento antes, claro que teria feito!”

Convido você a buscar mais informações sobre o mercado financeiro americano, sobre soluções e estratégias personalizadas para a sua situação individual e o que você pode estar fazendo hoje para garantir um amanhã melhor, gerar e fazer crescer seu patrimônio com benefícios fiscais a médio e longo prazo. Hoje em dia, não é difícil buscar aconselhamento financeiro e obter ajuda de um profissional adequadamente licenciado, com responsabilidade fiduciária, falando a sua língua natal. 

Através deste trabalho conjunto com um Financial Advisor o seu planejamento financeiro será adequado, propiciando a oportunidade de chegar aos seus objetivos de uma forma mais tranquila, desfrutando o hoje e construindo o amanhã potencialmente com menos trabalho, pagando menos impostos de forma legal e com mais solidez. 

Imagem meramente ilustrativa

Ana Claudia Panori

By Ana Claudia Panori

Ana Claudia Panori é conselheira financeira licenciada - financial advisor, membro MDRT e NAIFA, palestrante certificada em financial Wellness on workplace. Trabalha na Prudential Financial e desenvolve há anos um longo trabalho de educação financeira junto à comunidade brasileira. É representante da pasta de Empreendedorismo e Finanças do Conselho de Cidadãos de Boston, além de ser voluntária em diversas causas sociais. Contato: 508.353-9340. Instagram: anaclaudia7835 *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião de A Notícia USA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *