Sobe
Gabriel Jesus
Com poucas chances de jogar no Manchester City vai ser titular no Arsenal, de quebra ganhando muito dinheiro
 
Desce
Nelson Piquet
Decadente e patético, o tricampeão da Fórmula 1 faz tudo – errado – para continuar aparecendo. Lamentável…

Como foi a rodada
O Palmeiras lidera com 29 pontos ganhos; o Athletico-PR é o 2º com 27 pontos ganhos; Atlético-MG é o 3º colocado também com 27 pontos ganhos e fechado o G4, o Corinthians é o 4º colocado com 26 pontos ganhos. Na zona de rebaixamento estão o Goiás em 17º com 17 pontos ganhos; o Cuiabá é o 18º com 16 pontos ganhos; o Juventude é o 19º com 11 pontos ganhos e na lanterna segue o Fortaleza que tem 10 pontos ganhos. Na Série B, o Cruzeiro continua como líder com 37 pontos ganhos e pavimenta com tranquilidade a sua volta para a Série A; com 31 pontos ganhos, o Vasco é o vice-líder, o 3º é Bahia com 29 pontos e fechando o G4 o Grêmio tem 26 pontos ganhos. Na zona de rebaixamento estão o CSA com 16 pontos ganhos em 17º; a Ponte Preta em 18º tem 15 pontos ganhos; o Guarani em 19º tem 14 pontos; e na lanterna está o Vila Nova com 12 pontos ganhos.

Campeonato Brasileiro
Série A
15ª rodada
Sábado, 2 de julho
Fluminense 4 x 0 Corinthians
Juventude 1 x 2 Atlético-MG
Santos 1 x 2 Flamengo
Ceará 1 x 1 Internacional
Palmeiras 0 x 2 Athletico-PR
Domingo, 3 de julho
Avaí 1 x 2 Cuiabá
Atlético-GO 1 x 2 São Paulo
América-MG 1 x 0 Goiás
Coritiba 1 x 0 Fortaleza
Segunda-feira, 4 de julho
RB Bragantino x Botafogo

Série B
16ª rodada
Sexta-feira, 1 de julho
Chapecoense 3 x 1 Sampaio Corrêa
Brusque 2 x 0 Operário
Cruzeiro 2 x 0 Vila Nova 
Quinta-feira, 2 de julho
Londrina 0 x 0 CSA
Ituano 1 x 2 Criciúma
Náutico 3 x 1 Novorizontino
CRB 1 x 1 Guarani 
Domingo, 3 de julho
Ponte Preta 0 x 0 Tombense
Vasco 0 x 0 Sport
Bahia 0 x 0 Grêmio

Dor de cotovelo
Neymar não é e nunca foi uma unanimidade fora de campo por causa do seu comportamento e costumes. Contratado a peso de ouro pelo PSG para ser protagonista, Neymar foi aos poucos se acomodando e jamais levou o clube ao patamar desejado pelos seus donos que todos os anos despejam verdadeiras fortunas no empreendimento sem sucesso algum. Cada hora é uma coisa. Sucessivas trocas de treinadores, contratações equivocadas e jogadores que ganham milhões de euros por ano sem corresponder em campo, foram deixando para trás o sonho da conquista da Champions League. Neymar foi sucumbindo a tudo isto e nem a companhia de Lionel Messi mudou este quadro. Porém, o plantem milionário do PSG tem Mbape, um francês meia boca que para renovar seu contrato pediu tudo, mais um pouco e de quebra a cabeça de Neymar.

Cantando em outra freguesia
Mbape quer que Neymar se vá do clube, porque na visão dele faltou ao brasileiro comprometimento e por isso não quer jogar ao lado dele. Motivado por uma cláusula no seu contrato, Neymar optou por renovar o seu contrato com o PSG até 2027, o que em tese lhe garante mais uma fortuna em salários. Ou seja, em ano de copa do mundo, Neymar vai ter que se superar e se adaptar rapidamente em outro time, pois ao que parece, em Paris ele não vai se criar, porque Mbape não quer. Aliás, e só para ficar nas últimas três décadas nem Ronaldinho Gaúcho, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo cada um no seu respectivo auge, foram tão ousados para exigir que um companheiro de time e da grandeza e importância de Neymar fosse mandado embora para que ele, que é um pereba possa brilhar soberano…

Nilton Santos e Garrincha foram jogadores históricos do Botafogo

Histórias da bola
Nilton Santos, o João…
Quando Garrincha chegou ao Botafogo para testes, tinha diante de si ninguém menos que o consagrado Nilton Santos, considerado o melhor lateral-esquerdo do mundo e um dos melhores jogadores do Brasil. Acompanhado do técnico do seu time em Pau Grande, sua cidade natal que o advertiu sobre quem ia marcá-lo. 
Me marcar até o João Berruga lá em Pau Grande também marca, disse Garrincha com simplicidade. 
O Botafogo não atravessava uma grande fase e quando Nilton Santos viu Garrincha chegando disse uma das mais famosas frases do folclore futebolístico. (Frase que nos dias atuais seria totalmente fora dos padrões de civilidade). 
Quando a fase é ruim até aleijado aparece para treinar. 
Mal Nilton sabia o que o esperava. Ao pegar a primeira bola, Garrincha partiu para cima de Nilton Santos, balançou de um lado e saiu pelo outro. Fez de novo e outra vez, sempre deixando o lateral na saudade. O resto da história todos já sabem. Nilton Santos recomendou que Garrincha fosse contratado e se tornasse um dos grandes nomes do futebol mundial em todos os tempos.   

Foto da capa: Cruzeiro EC

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *