Sobe
Paulo Sousa
O português que pagou R$ 2 milhões para se livrar da Polônia, vai receber uma bolada de cerca de R$ 8 milhões, que é a bufunfa que o Flamengo vai pagar para se livrar dele… 

Desce
Torcida do Coritiba
O pau quebrou durante e depois do jogo. Primeiro entre eles mesmos e depois com a torcida do Palmeiras

Como foi a rodada
O Palmeiras venceu o Coritiba e reassumiu a liderança da Série A com 22 pontos ganhos; Corinthians é o vice-líder com 21 pontos ganhos; o São Paulo é o 3º com 18 pontos ganhos e fechando o G4, o Internacional também tem 18 pontos ganhos. Na zona de rebaixamento estão o Cuiabá em 17º com 12 pontos ganhos; o Avaí está em 18º com 11 pontos ganhos; o Juventude é o 19º com 10 pontos ganhos e na lanterna o Fortaleza tem 7 pontos ganhos. Na Série B, o Cruzeiro mesmo perdendo na rodada é o líder com 28 pontos ganhos; o Bahia é o vice-líder com 25 pontos; o Vasco é o 3º com 24 pontos e fechando o G4 o Sport tem 18 pontos ganhos. Na zona de rebaixamento estão o Náutico, em 17º, a Chapecoense em 18º e o Guarani em 19º rodos com 12 pontos ganhos; e na lanterna está o Vila Nova com 10 pontos ganhos.

Campeonato Brasileiro
Série A
11ª rodada
Sábado, 11 de junho</b
Corinthians 2 x 0 Juventude
Atlético-MG 1 x 1 Santos
Fluminense 0 x 2 Atlético-GO
Cuiabá 1 x 1 RB Bragantino
Internacional 3 x 1 Flamengo
Domingo, 12 de junho
São Paulo 1 x 0 América-MG
Goiás 1 x 1 Ceará
Coritiba 0 x 2 Palmeiras
Fortaleza 0 x 0 Athletico-PR
Segunda-feira, 13 de junho
Botafogo x Avaí

Série B
12ª rodada
Sexta-feira, 10 de junho
Sampaio Corrêa 2 x 0 Náutico
Chapecoense 2 x 3 Criciúma
Sábado, 11 de junho
Brusque 0 x 1 Ituano
Ponte Preta 1 x 2 Londrina
CRB 1 x 0 Vila Nova
Operário 0 x 1 Bahia
Domingo, 12 de junho
Novorizontino 1 x 2 Guarani
Vasco 1 x 0 Cruzeiro
Tombense 2 x 1 CSA
Segunda-feira, 13 de junho
Sport x Grêmio

De volta para o passado
O Flamengo teve um ano mágico em 2019, onde ganhou quase tudo o que disputou com uma futebol magnífico sob o comando de Jorge Jesus, que juntou bons jogadores e fez um time imbatível. Porém, o português foi embora e com ele o encanto do time para frustração da sua torcida, que sempre alimentou a esperança e a expectativa de que o treinador voltasse para dirigir o clube repetisse a façanha de 2019. O espanhol Domènec Torrent substituiu Jesus e comandou o time por 24 jogos – 14 vitórias; seis derrotas e quatro empates. Foi mandado embora. Para o seu lugar veio Rogério Ceni que sempre foi um estranho no Ninho do Urubu, a campanha se Ceni foi 45 paridas – 24 vitórias; 11 derrotas e 11 empates. Foi campeão carioca; Brasileiro e da Supercopa do Brasil em 2021. Mesmo assim foi chutado porta afora. Renato Gaúcho que era um antigo sonho rubronegro substituiu Rogério Ceni com 37 jogos – 24 vitórias; cinco derrotas e oito empates. Renato não resistiu ao baile que levou do Palmeiras na final da Copa Libertadores e foi dispensado. Vai daqui, vai dali e os arrogantes dirigentes flamenguistas foram atrás de Jorge Jesus em Portugal e fizeram de conta que o queriam de volta – só que não, e contrataram Paulo Sousa, também português que estava empregado dirigindo a seleção polonesa, que está classificada para o Mundial do Catar, na esperança de que este repetisse o feito de 2019. Só que não. Depois de 19 jogos – seis vitórias; seis derrotas e sete empates e um péssimo ambiente, Sousa não resistiu às derrotas para o Fortaleza e RB Bragantino e para o seu lugar veio Dorival Júnior que estava no Fortaleza. Quantos jogos durará Dorival, que já estreou com derrota para o Internacional? 

Começar de novo
Faltou ao Flamengo renovar o seu elenco, contratando novos jogadores a exemplo que fez o Palmeiras e o Atlético-MG. Visivelmente jogadores como Diego Alves, Diego Ribas, David Luiz, Filipe Luís, Everton Ribeiro, Gabriel Barbosa e Willian Arão entre outros já renderam tudo o que poderiam render e deveriam dar lugar a novos jogadores. O Flamengo parece perdido e somente um outro ano mágico é capaz de dar ao torcedor a alegria de poder comemorar de novo as conquistas. A pergunta que se faz é se o atual elenco e o técnico Dorival Júnior podem dar estas respostas. A conferir…

Evaristo de Macedo jogou nos dois gigantes espanhóis

Histórias da bola
Passando a bola para o dono do time…
O Real Madrid era uma panela de craques comandada pelo argentino Alfredo Di Stefano que era devidamente coadjuvado por Puskas, Gento e Santamaria. Para entrar ali, precisava cair nas graças do chefão argentino que queimou até o craque Didi, que entrou em atrito com diversos jogadores e foi mandado embora. Evaristo de Macedo era centroavante do rival Barcelona e foi contratado para jogar no Real Madrid. Logo no primeiro jogo, Evaristo saiu na cara do goleiro e tinha tudo para fazer o gol, porém viu que Di Stefano estava livre na pequena área e rolou a bola para ele fazer o gol. Ganhou a simpatia, o respeito, o carinho de todos e durante todo o tempo em que jogou no Real, recebeu bolas e mais bolas de Di Stefano, de Puskas e de todos os outros craques do time… 

 

 

Foto da capa: Cesar Greco/SE Palmeiras

Disclaimer
“All opinions and commentaries expressed by the participants in this interview are solely their personal current opinions and comments and do not reflect the opinions of A NOTICIA USA, their employees, business partners, directors, or affiliates, and may have been previously disseminated by them. The interview participants` opinions are based upon information they consider reliable, but neither A NOTICIA USA nor its affiliates, warrant its completeness or accuracy, and it should not rely upon as such”.

Jehozadak Pereira

By Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira, é jornalista profissional especializado em jornalismo comunitário e produção de conteúdo informativo e de utilidade pública. É ganhador de inúmeros prêmios e reconhecimentos pela qualidade do seu trabalho comunitário e voluntário. É o editor-chefe e principal articulista do A Notícia USA.

Leave a Reply

Your email address will not be published.