A política de tolerância zero com a imigração ilegal do ex-presidente Donald Trump vai custar caro para os Estados Unidos. A prática que separou famílias inteiras indiscriminadamente atingiu cerca de 5,5 mil crianças dos seus parentes ao longo da fronteira com o México. Agentes da fronteira separaram pais e filhos, enviando-os para abrigos do governo, ao mesmo tempo em que seus pais enfrentavam processos nas corte de imigração.

A administração Joe Biden está negociando com as famílias atingidas indenizações que podem chegar a US$ 450 mil por pessoa, e estima-se que muitas famílias podem receber até US$ 1 milhão. As informações foram publicada no The Washington Post, na sexta-feira, 29, citando três fontes com acesso aos acordos.

As negociações do governo com as famílias foi duramente criticada pelo ex-secretário interino do Department of Homeland Security (DHS), um dos responsáveis pela implementação da política de tolerância zero.

As pessoas que se sentiram prejudicadas pelos atos do governo Trump, entraram com ações legais nos tribunais, o que fez com que o governo atual negociasse acordos com as famílias afetadas.

Ainda de acordo com a reportagem, cerca de 60 famílias já foram reunificadas, enquanto que outras quase mil famílias continuam separadas, vivendo principalmente na América Central.

Foto da capa: Southern Poverty Law Center

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *