O U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) e o Enforcement and Removal Operations (ERO), divulgaram na quarta-feira, 22, os resultados de uma operação nacional que prendeu 119 imigrantes indocumentados que reentraram ilegalmente nos Estados Unidos após deportações anteriores. A operação aconteceu entre os dias 1 a 7 de junho.

O foco da operação abrangeu um período de cinco anos anteriores, em que pessoas foram removidas para seus países de origem e posteriormente reentraram sem autorização nos Estados Unidos. Tais imigrantes são considerados uma ameaça à segurança nacional, segurança pública e segurança das fronteiras.

Durante a operação, a prioridade foi localizar quem reentrou ilegalmente. Entre os imigrantes irregulares que foram presos, 110 tem condenações por crimes diversos, agressão agravada com arma de fogo, roubo, arrombamento, sequestro, atropelamento, tráfico de drogas e abuso sexual infantil. Oficiais que participaram da operação avaliaram cuidadosamente os alvos individualmente para fazer as prisões com a certeza que estavam detendo as pessoas procuradas.

No ano fiscal de 2021, o ERO realizou 74.082 prisões administrativas de imigrantes, incluindo 12.025 indivíduos com condenações criminais agravadas. Os crimes associados a imigrantes presos no ano fiscal incluíram 1.506 crimes relacionados a homicídio, 3.415 agressões sexuais, 19.549 agressões, 2.717 roubos e 1.063 sequestros, entre outros delitos.

Foto: ICE.gov

Jehozadak Pereira

By Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira, é jornalista profissional especializado em jornalismo comunitário e produção de conteúdo informativo e de utilidade pública. É ganhador de inúmeros prêmios e reconhecimentos pela qualidade do seu trabalho comunitário e voluntário. É o editor-chefe e principal articulista do A Notícia USA.

Leave a Reply

Your email address will not be published.