A goiana Lavínia Siqueira Carvalho, 23 anos, foi encontrada ferida na sua casa na cidade de Cumming, Geórgia, na madrugada de domingo e levada a um hospital, onde teve os sinais vitais restabelecidos, entubada e mesmo assim, morreu pouco tempo depois.

De acordo com o Gazeta News, o caso está sob investigação e os comentários sob re a morte de Lavínia citam que ela teria sido estrangulada pelo namorado mexicano com quem tinha um relacionamento abusivo e conturbado, do qual não conseguia se livrar. Tido como principal suspeito da morte de Lavínia, o homem está detido.  

Se a causa da morte de Lavínia for mesmo violência doméstica, ela é mais uma das vítimas de homens alucinados e transtornados que agridem e matam mulheres. Lavínia passa a fazer parte da funesta lista de brasileiras mortas nos Estados Unidos. 

Recomendações
– Leve a sério todas as ameaças que ex-companheiros, maridos, namorados fizerem;
– Junte provas como mensagens de texto, e-mails e busque orientação legal para gravar ameaças telefônicas;
– Busque ajuda se sentir que sua integridade física e emocional estiver ameaçada
– Peça às autoridades uma restraining order;
– Não se intimide com ameaças e tentativas de agressão; denuncie quem faz isto;
– Nunca retalie ou use de força para responder a qualquer agressão física, verbal e/ou psicológica;
– Não importa a sua condição ou status imigratório; você têm direitos;
– Busque conselho legal sobre como se livrar dos abusos

Recentemente o A Notícia USA publicou uma reportagem especial onde indica entidades onde é possível buscar ajuda contra a violência doméstica.

Em nível nacional, o National Domestic Violence Hotline oferece assistência e ajuda para vítimas da violência doméstica.

A Massachusetts Alliance of Portuguese Speakers (MAPS), que tem sede em Cambridge e escritórios em Brighton, Dorchester, Framingham, Lowell e Somerville. As assistentes sociais da MAPS disponibilizam intervenções em crises, elaboração de planos de segurança, informação, encaminhamentos guiados, ajuda para obtenção de atendimento médico e jurídico, apoio emocional e demais serviços na área de violência doméstica e sexual. O telefone da MAPS em Cambridge é 617.864-7600.

Se você sofrer qualquer tipo de agressão física ou ameaça à sua integridade física ligue imediatamente para o 9-1-1.

Jehozadak Pereira

By Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira, é jornalista profissional especializado em jornalismo comunitário e produção de conteúdo informativo e de utilidade pública. É ganhador de inúmeros prêmios e reconhecimentos pela qualidade do seu trabalho comunitário e voluntário. É o editor-chefe e principal articulista do A Notícia USA.

Leave a Reply

Your email address will not be published.