Cassia Maia é a convidada especial do programa de hoje, Bate Papo sobre Negócios aqui na rádio A Notícia USA. Cassia e sua mãe Conceição Maia dos Santos estarão participando do evento Conte-me sua História: Uma Tarde com Escritores Brasileiros na Biblioteca Pública de Hyannis neste sábado dia 17 de setembro das 16:00 horas até as 19:00 horas. Estarão presentes 9 autores brasileiros que contarão as suas histórias e irão expor os seus livros. Durante o evento terá atividades para as crianças, coquetel leve, apresentação dos autores, exposição dos livros de cada autor e oportunidade para comprar os livros autografados. O evento é gratuito, mas precisa registrar no seguinte link https://hyannislibrary.org/event/tell-me-your-story-a-night-with-brazilian-authors/

Cassia Maia mora em Cape Cod desde 1998. Ela trabalha em seu estúdio em sua casa criando pinturas emolduradas originais, tapeçarias, lenços, roupas e jóias.

Ela aprendeu a pintar em seda na França com o Club Med onde ensinou a arte como uma atividade relaxante para os hóspedes. Ela já viajou e conviveu com essa arte em alguns países: Brasil, França, Espanha, Marrocos, Tunísia, Turquia e Estados Unidos.

O tema das suas pinturas envolve, entre outras coisas, a ”joie de vivre”. Muitas das suas peças incorporam fantasia e realidade, tanto o literal quanto o abstrato. A pintura em seda a permitiu transformar as imagens do mundo que ela vê ao seu redor em obras de artes funcionais.

Todas as suas peças começam como um tecido branco sólido. Não há tingimento por imersão envolvido. Eles são pintados com pincéis de aquarela. Ela desenvolveu técnicas e estilos com suavidade e flexibilidade elegantes nas cores da seda.

O trabalho de Cassia Maia apresentado em seu livro, estilo tipo mesa de centro abrange uma variedade de disciplinas artísticas: de pinturas, esculturas, arte vestível e joias de seda.

O trabalho de Cassia foi inspirado pelos diferentes lugares e pessoas em sua jornada como ser humano. Essa forma de arte se tornou sua paixão e ela desenvolveu muitas técnicas e estilos. Cada pintura é única e única.

Cassia em seu livro em inglês ”Silk Collections”, ela compartilha suas coleções de seda, sua história, na esperança de fazer conexões comuns com outras pessoas.

Conheça melhor o trabalho de Cassia acessando o seu website:                     www.CassiaMaiaFineArtOnSilk.com

 

Cassia também editou os livros de sua mãe dona Maia e ajudou a publicá-los. No evento deste sábado a Cassia vai estar também representando as obras literárias de sua mãe.

Conceição Maia dos Santos, simplesmente Maia, nasceu em São Sebastião do Rio Preto, interior de Minas Gerais, Brasil.

Dona Maia fez as primeiras letras no estabelecimento de ensino que era denominado Escolas Reunidas, depois Grupo Escolar Dr. Odilon Behrens, da Vila em que nasceu, pertencente ao município de Conceição do Mato Dentro. Com muito orgulho, segundo suas palavras, foi aluna das professoras que fizeram história em seu tempo: Dona Elza, Dona Maricas e Dona Ninita.

Ela e sua irmã Lúcia foram estudar em Ferros, cidade vizinha, onde se formaram em Magistério, em 1951. Recebidas em festa na terra natal depois de conquistar seus diplomas no magistério, iniciou sua carreira onde nascera e aí permaneceria  por sete anos como professora primária. Depois se transferiu para Itabira, onde completou 30 anos de trabalho nas escolas Emílio Pereira de Magalhães e Américo Giannetti, aposentando-se depois dessa jornada triunfal. Em Itabira, nasceram-lhe seus quatro filhos: Tarcisio, Luiz (in memoriam) Cássia e Ubiracy.

Mesmo enquanto exercia a função de professora já prestava serviços voluntários à Cáritas Diocesana de Itabira, como coordenadora. Dava assistência às Obras Sociais da Diocese, como também às obras inseridas na Cáritas em vários municípios nos quais a Diocese estava sempre presente, incluindo o setor educacional do Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral). Quer dizer, no tempo de aposentada, aí teve ainda mais tempo para se dedicar ao voluntariado.

Tendo cumprido suas metas profissional e comunitária em Itabira, transferiu-se logo a seguir para Belo Horizonte, onde foi cuidar dos filhos. Maia se transformou na costureira de arte, cujo gene Deus deu inicialmente à mãe.

Em BH tornou-se famosa nas lojas de tecidos e passou a atender a desenhistas conhecidos e famosos da época, muitos que exigiam que fosse ela quem concluiria seus desenhos com o seu notável acabamento fino e estiloso. Para se ter uma ideia, ela se tornou independente financeiramente graças às economias que contabilizou nesse período de fino trabalho.

Em dado momento, resolve, atraída por dois de seus filhos que moravam no exterior, mudar-se para os Estados Unidos, onde, aos 60 anos de idade, conseguiu emprego em hotel, tornou-se cidadã americana e lá permaneceu durante 20 anos.

Fazendo suas idas e vindas, às vezes em companhia dos filhos, aproveitou e continua aproveitando o privilégio de sua notável conquista: ter dupla cidadania e desfrutar-se, orgulhosamente, desta rara condição.

Durante esses percursos, com a vida mais calma, resolveu lançar seu primeiro livro ‘’Encontros e Perdas’’, ao completar 80 anos de idade. Quatro anos depois, contando com o trabalho de seu genro Thomas, publicou seu livro em inglês, “Encounters and Losses”, fazendo sucesso nos Estados Unidos. Logo Depois lançou o seu segundo livro “Ciclos”.

Com a motivação do sucesso de sua primeira obra literária, publicado em dois idiomas, e tantas dádivas alcançadas, aceitou um novo desafio e está lançando Ciclos, que é mais uma conquista dos seus grandiosos sonhos. E que abre novas oportunidades para quem a conhece, a acompanha e a ama, com pleno direito de afirmar solenemente de sorrir para sua fé e agradecer a Deus por ela.

Agora, ei-la aí, exuberante, bela e feliz, realizada, mas encarando na plenitude da expressão a simplicidade de tantas bênçãos divinas: a vida continua.


DISCLAIMER
“All opinions and commentaries expressed by the participants in this interview are solely their personal current opinions and comments and do not reflect the opinions of A NOTICIA USA, their employees, business partners, directors, or affiliates, and may have been previously disseminated by them. The interview participants` opinions are based upon information they consider reliable, but neither A NOTICIA USA nor its affiliates, warrant its completeness or accuracy, and it should not rely upon as such. We cite sources to follow a important and restrict rule of research before a article is published, we also ask for your help, fake news a serious matter, if by a slip of attention we miss any information that is not acurate and you have evidence of the information please share it with us.”.

“Todas as opiniões e comentários expressos pelos participantes nesta entrevista são apenas suas opiniões e comentários pessoais atuais e não refletem as opiniões de A NOTICIA USA, seus funcionários, parceiros de negócios, diretores ou afiliados, e podem ter sido divulgados anteriormente por eles . As opiniões dos participantes da entrevista são baseadas em informações que eles consideram confiáveis, mas nem A NOTICIA USA nem suas afiliadas garantem sua integridade ou precisão, e não devem se basear como tal. Citamos fontes para seguir uma regra importante e restrita de pesquisa antes de um artigo ser publicado, também pedimos sua ajuda, fake news é um assunto sério, se por um lapso de atenção perdermos alguma informação que não seja precisa e você tenha evidências dessas informações, por favor, compartilhe conosco”.


 

Natalia Frois

By Natalia Frois

Natalia Frois construiu sua carreira em torno do setor de saúde e administração de empresas. Ela trabalhou como intérprete trilíngue e no Departamento de Sistemas de Informação para Cape Cod Heathcare. Ela também trabalhou como gerente de relacionamento comercial para a Latinc Corporation. Agora ela está trabalhando como conselheira trilíngue de violência doméstica e sexual e advogada na Independence House. Fornecer serviços para a comunidade em vários idiomas é seu objetivo, sendo capaz de ajudar a comunidade em várias perspectivas. Ela é comissária da Comissão de Cape Cod e Ilhas sobre o Status da Mulher, defendendo as mulheres, os direitos humanos e a igualdade social é sua paixão. Ela está envolvida no Rotary Barnstable Sunrise. Ela também é membro do conselho da Biblioteca Pública de Hyannis.Em 2019, ela ajudou a organizar a primeira Latino Business Expo em Cape Cod em espanhol. Com seu conhecimento administrativo, ela presta serviços de consultoria de negócios e relações comerciais para empresas de Cape Cod Latino.

Leave a Reply

Your email address will not be published.