O brasileiro João Djalma Prestes Junior, que se apresenta também com ‘João Pereira’, 48 anos, foi condenado na segunda-feira, 27, pela justiça federal dos Estados Unidos em New York a uma pena de quatro anos de prisão por fraudes financeiras de aproximadamente US$ 15 milhões.

Prestes Junior, que foi preso em junho de 2020, já havia se declarado culpado de fraude contra empresas brasileiras em abril de 2021. A quadrilha que também era integrada pelos brasileiros Rose Martins de Oliveira, 61 anos e Alex Pereira Souto, 40 anos além do português Hermínio Ribeiro Dias Cruz, 76 anos e do paraguaio Juan Carlos Villalba, 56 anos – todos foragidos, prometia a empresas e empresários brasileiros empréstimos e exigiam pagamentos de impostos, taxas antecipadas e garantias. Depois alegavam entraves e dificuldades para não completar as negociações.

A quadrilha tinha um luxuoso escritório em Manhattan e criaram várias empresas de fachada com respectivos sites, uma entidade financeira e uma companhia que garantiria os empréstimos e uma seguradora – todas de fachada, para ludibriar quem os procurava.

Os acusados orientavam suas vítimas a pagar valores antecipados e alegavam que havia algum obstáculo para a liberação do dinheiro e que a dificuldade poderia ser removida se outro pagamento fosse adiantado. Os prazos de liberação dos supostos empréstimos nunca eram cumpridos e os valores pagos antecipadamente não eram devolvidos. 

Muitos empresários brasileiros vieram a New York para reuniões pessoais e o dinheiro oriundos dos golpes, foi usado para financiar os modos luxuosos e opulentos de Prestes Junior e sua quadrilha. Além da condenação de quatro anos por fraude eletrônica e conspiração, Prestes Junior teve confiscado o valor de US$ 15,266,679.10.

João Djalma Prestes Junior tem uma longa ficha criminal no Brasil por crimes semelhantes e é acusado de estelionato, crimes contra o sistema financeiro brasileiro e formação de quadrilha, tendo sido acusado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo de ter lesado pelo menos 26 empresas de vários estados. Um dos golpes aplicados por Prestes Junior que é fugitivo da Justiça brasileiro é o debêntures que provocou milhões de reais em prejuízo em Santa Catarina, São Paulo e outros estados brasileiros. 

Jehozadak Pereira

By Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira, é jornalista profissional especializado em jornalismo comunitário e produção de conteúdo informativo e de utilidade pública. É ganhador de inúmeros prêmios e reconhecimentos pela qualidade do seu trabalho comunitário e voluntário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *