Em agosto passado, o governo do Estado de Massachusetts promoveu uma Job Fair – Feira do Trabalho para preencher milhares de vagas de trabalho que estavam disponíveis. Muitas de vagas foram preenchidas e novamente, a administração Baker promove novas feiras de trabalho, desta vez, regionalizadas e a próxima será no dia 28 de setembro em Fitchburg – veja local, horário e endereço abaixo.

A boa notícia é que agora são cerca de 250 mil postos de trabalhos que precisam ser preenchidos, segundo dados do próprio governo estadual.

A administração Baker mantém disponível o JobQuest, um site onde é possível cadastrar-se – é necessário ter Social Security – para se candidatar a uma vaga de emprego aqui.

A Fedex paga bônus para quem indicar um novo funcionário

Por outro lado, empresas e negócios estão investindo pesado na procura de mão de obra para preencher postos de trabalho que estão abertos e oferecem prêmios em dinheiro, vantagens e benefícios. A Fedex é uma destas empresas que pagam bônus para que seus empregados indiquem pessoas para trabalhar nos seus terminais. Atualmente o refferral program paga US$ 350 por uma indicação – o valor pode variar de localidade. A UHaul, paga em alguns estabelecimentos da rede, um bônus de US$ 100 em dinheiro para quem iniciar o emprego. Há alguns estabelecimentos que fecham suas lojas mais cedo porque não tem funcionários para cumprir os turnos de trabalho, o que mostra que a busca por funcionários não tem surtido nenhum efeito.

Já um nursing home em Natick, Massachusetts paga US$ 2,5 mil para quem indicar um amigo para trabalhar lá. Essa foi a atitude de um empresário brasileiro da área da construção civil. “Minha empresa pegou uma quantidade grande de trabalhos e eu precisei aumentar minha equipe de uma hora para outra e me deparei com a situação de não ter mão de obra suficiente. Anunciei nos grupos e bazares, nos jornais locais e até em programas de rádio, mas não obtive sucesso. Apareceram poucos trabalhadores. Então, um americano que é meu amigo sugeriu que eu oferecesse um bônus para quem indicasse um funcionário. Consegui preencher quase que o total de gente que eu precisava e paguei o bônus com gosto. Depois que estes funcionários completaram seis meses de trabalho, dei a cada um deles US$ 500 e também incentivei todos os meus empregados se vacinassem contra a covid-19”, diz.

O empresário Leo Bravin que é um contratado da Fedex, tem vagas para motoristas abertas o ano todo em regime de full time e part time. “Porém, os candidatos têm que ter carteira de trabalho válida, social Security e autorização de trabalho no mínimo. As vagas são para motoristas, inclusive part time dos finais de semana. Além de trabalho no inverno e no verão. Eu busco funcionários nas redes sociais e através de indicações”, afirma Leo.

A Uhaul paga US$ 100 em dinheiro na hora para novos contratados

Nos Estados Unidos há cerca de 10 milhões de postos de trabalho à espera de candidatos e muitas empresas se desdobram para manter seus funcionários. A Amazon anunciou recentemente que vai pagar 20% a mais do piso salarial para cerca dos seus 125 mil empregados e dará até o fim do ano um bônus de US$ 3 mil para quem se destacar no desempenho das suas funções. Na comunidade brasileira há muitas vagas de emprego abertas e à espera de candidatos para ocupa-las. É muito comum haver nas redes sociais, lojas e estabelecimentos brasileiros, anúncios que procuram candidatos, numa constatação de que mesmo sem documentos, há sim, uma grande necessidade de mão de obra.   

Prestação de serviço
Feira de trabalho
Work North Central Massachusetts
Terça-feira, 28 de setembro das 11 AM às 6 PM
Great Wolf Lodge
150 Great Wolf Drive
Fitchburg, MA – 01420  

Fotos: Jehozadak Pereira/A Notícia USA

admin

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.