Mario Alberto Molina, 25 anos, morador de McAllen, no Texas, foi indiciado por importar do Brasil 4,5 quilos de dimetiltriptamina (DMT), uma poderosa droga psicodélica e alucinógena.

Molina foi acusado de quatro crimes – conspiração para distribuir substância controlada; importar substância controlada; distribuição de substância controlada e tráfico de drogas.

Documentos da acusação federal dizem que um pacote despachado do Brasil e destinado a Mario Alberto Molina, foi inspecionado em Miami no dia 7 de abril, e na embalagem constava que era corante natural que teoricamente serviria para tingimento de tecidos. 

O US Homeland Security Investigations (HSI) montou uma operação e entregou o pacote contendo os 4,5 quilos de DMT no endereço de Molina e em seguida com um mandado de busca deteve o homem em sua casa.

O DMT é uma droga alucinógena que tem o mesmo efeito de outras drogas psicodélicas, fazendo parte da Lista I, já que é uma substância controlada.     

Caso seja condenado pela Justiça, Mario Alberto Molina, pode pegar até 20 anos de prisão e ser multado em US$ 1 milhão, além de cumprir sua pena em um presídio federal.

Foto: Hidalgo County Sheriff’s Office

 

 

 

 

admin

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.