Os irmãos Deivide Denis Lino Ribeiro, 31 anos, e James Taylon Lino Ribeiro, 28 anos, foram presos na sexta-feira, 13, em uma operação especial comandada por oficiais do US Immigration and Customs Enforcement (ICE) e do US Removal Operations (ERO) em Everett, nos arredores de Boston, Massachusetts. Os nomes de ambos constavam na Difusão Vermelha da Interpol.

Deivide e seu irmão James, são dois fugitivos condenados pela Justiça brasileira por homicídio e roubo, o que configura latrocínio. Em 13 de dezembro de 2014, eles assassinaram Altino Gabriel de Souza Neto, um adolescente de 16 anos na cidade de Mendes Pimentel, Minas Gerais.

Os irmãos moravam em Central de Minas, Minas Gerais e foram para Mendes Pimentel para assaltar um posto de gasolina, que fica em frente à casa onde Altino Gabriel morava. Como o posto já estava fechado, eles decidiram roubar o adolescente para roubar o telefone celular dele. Porém, Altino Gabriel tentou fugir e foi baleado nas costas.

Em 2014, Deivide e James faziam parte de uma violenta quadrilha de ladrões que eram especializados em roubar postos de gasolinas e estabelecimentos comerciais na região. Certa feita assaltaram uma vendedora de jóias e levaram cerca de R$ 700 mil em peças de ouro. Parte do material roubado foi recuperado na casa de Deivide.

Pelo assassinato de Altino Gabriel, Deivide Denis Lino Ribeiro foi condenado a uma pena de 36 anos de prisão e James Taylon Lino Ribeiro a uma pena de 19 anos de prisão. Diante das condenações fugiram para os Estados Unidos, onde entraram ilegalmente e um juiz de Imigração determinou a deportação de ambos em janeiro de 2020. Deivide e James estão sob custódia do ERO, onde aguardam a tramitação legal para que sejam removidos dos Estados Unidos e entregues para a Justiça brasileira para cumprirem as suas respectivas condenações.

Foto da capa: ICE.gov

Jehozadak Pereira

By Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira, é jornalista profissional especializado em jornalismo comunitário e produção de conteúdo informativo e de utilidade pública. É ganhador de inúmeros prêmios e reconhecimentos pela qualidade do seu trabalho comunitário e voluntário. É o editor-chefe e principal articulista do A Notícia USA.

5 thoughts on “Homicidas brasileiros foragidos da Justiça são presos em Everett, MA”
    1. Como foram condenados e estavam soltos lá em central de Minas. Isso é uma piada. É triste ver esses irmãos assim. Estudei com o Deivide. Simplesmente triste.

    2. Sinto muito. Estudei com o Deivide. Que rumo ele foitomar mais o irmão.Só não entendo como foram condenados e estavam soltos em Central e ainda conseguiram sair do país.

  1. É uma pena que não possa cumprir a pena onde tenha justiça!
    Uma pena não poder cumprir em dos estados nos EUA onde tenha prisão perpétua ou pena de morte!
    A morte ainda seria pouco!
    Tirar a vida de um inocente que mal começara a viver!
    Destruir uma família!

  2. Pena que nesse nosso País tudo virou piada ao invés de Lei!
    Triste saber que daqui a pouco estarão livres, fazendo outras famílias chorarem!

Leave a Reply

Your email address will not be published.