O US Department of Labor alertou neste fim de semana, para o aumento alarmante de mortes em locais de escavações e aberturas de valas no primeiro semestre de 2022. Vinte e dois trabalhadores morreram em acidentes do trabalho, em um aumento de 68% em relação a todo o ano de 2021.

OSHA vai intensificar a segurança em locais de trabalho

A maioria dos acidentes aconteceram em escavações e em aberturas de valas, superando em 15 mortes no ano passado, o que fez com que a U.S. Department of Labor’s Occupational Safety and Health Administration (OSHA), lance uma série de iniciativas que incluem fiscalização para a proteção de trabalhadores e diminuir a possibilidade de mais acidentes com ferimentos e mortes.

Para enfatizar os perigos de desconsiderar os requisitos federais de segurança no local de trabalho em valas e escavações, a equipe de fiscalização da OSHA considerará todas as ferramentas disponíveis à disposição da agência. Essas ações darão ênfase adicional em como os funcionários da agência avaliam as penalidades para incidentes relacionados à abertura de valas e escavações, incluindo encaminhamentos criminais para processos federais ou estaduais para responsabilizar empregadores e outros quando suas ações ou omissões matam trabalhadores ou colocam suas vidas em risco.

De acordo com o National Emphasis Program para escavações, os fiscais em conformidade com os parâmetros da OSHA realizarão mais de 1.000 inspeções em locais de trabalho em todo o país, onde podem parar e inspecionar qualquer local de escavação durante as tarefas diárias.

“A OSHA está pedindo a todos os empregadores envolvidos em atividades de abertura de valas e escavação que ajam imediatamente para garantir que as proteções necessárias estejam totalmente em vigor toda vez que seus funcionários pisarem ou trabalharem perto de uma vala. Em questão de segundos, os trabalhadores podem ser esmagados e soterrados sob toneladas de solo e rochas em uma vala insegura. O aumento alarmante no número de trabalhadores que morrem desnecessariamente e sofrem ferimentos graves em incidentes de valas deve ser interrompido”, disse o secretário assistente da OSHA Doug Parker.

Um incidente recente em Jarrel, Texas destaca os perigos da abertura de valas e foi um gatilho para a ação da OSHA. Em 28 de junho, dois trabalhadores, de 20 e 39 anos, morreram quando a vala desprotegida com mais de seis metros de profundidade desabou sobre eles enquanto trabalhavam. Proteções de trincheira, que poderiam ter salvado suas vidas, estavam sem uso ao lado da escavação.

As operações de abertura de valas e escavação requerem sistemas de proteção e inspeções antes que os trabalhadores possam entrar. Quando os empregadores não instalam sistemas de proteção de valas ou inspecionam adequadamente o local, os trabalhadores ficam expostos a sérios riscos, incluindo o risco de serem enterrados sob milhares de quilos de solo. Segundo algumas estimativas, um metro cúbico de solo pode pesar até 3.000 libras, igual ao de um carro compacto.

“A OSHA está pronta para ajudar qualquer empregador que precise de ajuda para cumprir nossos requisitos de abertura de valas e escavação e vamos realizar programas de divulgação, incluindo cúpulas de segurança, em todas as nossas dez regiões para ajudar a garantir que qualquer empregador que queira assistência a receba. O que está em jogo é muito importante”, finaliza Parker.

O On-Site Consultation Program da OSHA, um programa de consultoria de saúde e segurança gratuito e confidencial para pequenas e médias empresas, ajudará os empregadores a desenvolver abordagens estratégicas para lidar com doenças e lesões relacionadas a trincheiras nos locais de trabalho.

A agência também pede que os trabalhadores entrem em contato com o escritório local da OSHA ou do plano estadual, ou liguem para 800-321-6742, para relatar se o empregador exigir que trabalhe em ou ao lado de valas que não sejam inclinadas, escoradas ou blindadas e tenham um metro e meio ou mais de profundidade.

A página da Web de abertura de valas e escavação da OSHA fornece informações adicionais sobre os perigos e soluções de abertura de valas, incluindo um vídeo de segurança.

Fotos: OSHA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *