A procuradora federal em Massachusetts Rachael S. Rollins, anunciou na quarta-feira, 3, a linha lidera ‘End Hate Now’ (Acabe com o ódio agora em tradução literal), que é dedicada ao relato de incidentes de ódio ou atividades criminosas em potencial. Rachael S. Rollins incentiva que os residentes e visitantes de Massachusetts telefonem para a linha direta para relatar incidentes de ódio que causem preocupação ou de indivíduos que se acredita defenderem opiniões ou ações de ódio racial, religioso, de gênero, político, entre outros e que possam eventualmente praticar crimes.

A preocupação das autoridades é baseada na frequência com que acontecem tiroteios em massa que provocam muitas mortes. Os crimes de ódio são atos ilegais cometidos com base na raça, cor, religião, nacionalidade, orientação sexual, gênero, identidade de gênero ou deficiência da vítima. Crenças não são crimes de ódio. Ideologias desagradáveis, defesa de posições políticas ou sociais, uso de retórica discriminatória ou a adoção filosófica de crenças tendenciosas ou cheias de ódio. De acordo com a lei federal, as investigações não podem se basear apenas nas crenças de um indivíduo ou em sua atividade protegida da Primeira Emenda. 

“Com o aumento dos tiroteios em massa e atos inimagináveis ​​de extremismo violento racialmente motivado que vimos em todo o nosso país, as pessoas estão com medo. Em Massachusetts, vimos recentemente vários incidentes de grupos que defendem ideologias profundamente ofensivas e prejudiciais em nossas ruas. Um ato recente de vandalismo odioso no futuro alojamento para idosos LGBTQ+ em Hyde Park ameaçou queimar e matar a comunidade LGBTQ+. Já é suficiente. Meu escritório está oferecendo aos nossos residentes e visitantes uma nova saída para trazer essas questões críticas e preocupantes infiltradas na sociedade com intolerância e ódio à atenção das autoridades”, disse a procuradora Rollins. 

“Estou pedindo às pessoas – quando você ver qualquer manifestação de ódio, ligue para o número 1.833-634-8669 e nos avise. Se você tiver sérias preocupações sobre um ente querido, um amigo ou até mesmo um conhecido, ligue para este número e nos avise. Dedicamos recursos a essas questões importantes e estamos prontos para agir quando necessário. Essa também é uma forma de policiamento comunitário de vital importância”, continua a procuradora.

Se você foi vítima de qualquer ato que denote ódio, intolerância, perseguição ou se presenciou qualquer hostilidade de grupos ou pessoas de intolerância, supremacia branca, neo-nazista. Ligue imediatamente no telefone indicado.

Prestação de serviço
End Hate Now (Acabe com o ódio agora)
1.833-634-8669 – ligação gratuita
O atendimento disponível é em inglês, espanhol, cantonês e francês
Quem telefona tem a opção de deixar ou não suas informações de contato, contudo podem permanecer no anonimato se preferir

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *