Gilson Silva quase não tem tempo para cuidar da saúde e no começo de 2018 sentiu um incômodo nas costas e por sugestão da sua esposa foi ao médico que após fazer um exame de toque, notou que sua próstata estava alterada. Exames clínicos apontaram um tumor e o médico sugeriu que ele fosse operado de imediato. A próstata foi retirada e após o tratamento, Gilson se recuperou a contento. “Sabe aquela coisa que a gente só acha que acontece com os outros? Pois aconteceu comigo e depois de conversar com minha mãe, soube que há outros casos na família do meu pai. O médico me deu boas expectativas e com confiança em Deus e na medicina, sai desta”, diz Gilson que pediu que parte do seu nome fosse omitido. 

Considerado um câncer da terceira idade, deve ser diagnosticado e tratado rapidamente para reduzir os riscos de mortalidade. O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos, quando comparados aos países em desenvolvimento.

Cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo.

Estágios do câncer de próstata

Prevenção e tratamento
A próstata é uma glândula masculina localizada na parte baixa do abdômen. Tem a forma de maçã e situa-se logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.

Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco do câncer. Especialistas recomendam pelo menos 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Homens a partir dos 45 anos devem procurar um médico para realizar exames de rotina. Os sintomas mais comuns do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros. Quem tem histórico familiar da doença deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.

O toque retal é o teste mais utilizado, apesar de suas limitações: somente a porção posterior e lateral da próstata pode ser apalpada. É recomendável fazer o exame Prostate-Specific Antigen (PSA) – antígeno prostático específico, em tradução livre, que pode identificar o aumento de uma proteína produzida pela próstata, o que seria um indício da doença. Para um diagnóstico preciso, é necessário analisar parte do tecido da glândula, obtida pela biópsia da próstata.

Informações sobre o câncer de próstata
Além do câncer de pele, o câncer de próstata é o câncer mais comum em homens americanos. As estimativas da American Cancer Society para o câncer de próstata nos Estados Unidos para 2021 são:
– Cerca de 248.530 novos casos de câncer de próstata;
– Cerca de 34.130 mortes por câncer de próstata;

Risco de câncer de próstata
Cerca de um em cada oito homens será diagnosticado com câncer de próstata durante sua vida;

O câncer de próstata tem maior probabilidade de se desenvolver em homens mais velhos e em homens negros não hispânicos. Cerca de seis em dez homens são diagnosticados em homens com 65 anos ou mais, e é raro em homens com menos de 40 anos. A idade média dos homens no diagnóstico é de cerca de 66 anos;

Mortes por câncer de próstata
O câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em homens americanos, atrás apenas do câncer de pulmão. Cerca de um homem em cada 41 morrerá de câncer de próstata;

O câncer de próstata pode ser uma doença séria, mas a maioria dos homens diagnosticados com câncer de próstata não morre por causa disso. Na realidade, mais de 3,1 milhões de homens nos Estados Unidos que foram diagnosticados com câncer de próstata em algum momento ainda estão vivos hoje;

– O câncer de próstata é o sexto mais comum no mundo;
– Na dúvida procure um médico

Jehozadak Pereira

By Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira, é jornalista profissional especializado em jornalismo comunitário e produção de conteúdo informativo e de utilidade pública. É ganhador de inúmeros prêmios e reconhecimentos pela qualidade do seu trabalho comunitário e voluntário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *